Microsoft não está interessada em um “Xbox 1.5”, afirma diretor

De maneira crítica e pontual, o diretor chefe do “Xbox One, Phil Spencer declarou durante a apresentação da Microsoft no evento da Build 2016, que não tem interesse em desenvolver um Xbox 1.5, como rumores indicam que a Sony esteja fazendo com o PS4.5. Na opinião de Spencer, é melhor criar algo totalmente novo e significativo, do que simplesmente realizar algumas melhorias, investir em uma produção para logo mais desenvolver uma nova versão de console.

A tática da Sony em criar uma versão mais “arrojada” do Playstation 4, desagradou a quase todos os usuários do console, que investiram pesado no atual console da empresa para em pouco tempo uma versão melhorada dele ser lançada, como se fosse um CD que pudesse ser trocado. Para muitos é um tiro no pé mas para a Sony talvez seja um novo horizonte.

Em março um usuário publicou na NeoGAF algumas informações novas a respeito do novo console da Sony, além de citar o desenvolvimento de God of War 4, que seria lançado exclusivamente para fazer uso de todo o potencial do suposto PS4.5.

Voltando a falar da Microsoft, o que o diretor chefe do atual console  da “janelinha” deixou claro é que se for para passar um batom para dizer que o Xbox One está “mudado” não será o caso e sim realizar uma plástica completa para o seu próximo lançamento. Então se for para concentrar esforços em uma mudança, que ela seja por completo e não um simples retoque na maquiagem.

O posicionamento da Microsoft em relação a qualquer mudança no console afim de bater de frente com rumores sobre a Sony foi extremamente importante, principalmente para demonstrar qual o verdadeiro foco da empresa no atual momento do mercado.

Por incrível que pareça, os comentários do diretor geral do Xbox One não foi uma alfinetada mas sim um esclarecimento a dúvida sobre a possibilidade de seguir a tendência da Sony.