Werewolf: The Apocalypse é o novo jogo no universo de “Vampire: The Masquerade”!

A publisher White Wolf, que ficou famosa pela série “Vampire”, em especial por “Vampire: The Masquerade — Bloodlines”, foi adquirida pela Paradox Interactive, da CCP Games.  A empresa anunciou seu próximo jogo, o “Werewolf: The Apocalypse”. O jogo será ambientado no no universo de World of Darkness (“Mundo das Trevas”).

O RPG bestseller “Vampire: The Masquerade” foi criado há 25 anos por Mark Rein-Hagen. Sua ideia era criar um atmosfera apocalíptica, com muito terror e monstros em um jogo que tivesse uma visão similar ao da nossa sociedade (corrupção, drogas, enfim…). Neste universo existem três raças distintas: Humanos, Vampiros e Lobisomens. Enquanto uns sucumbem às forças sobrenaturais, as sombras anseiam pelo poder absoluto.

Em um universo bastante interativo e com muitas possibilidades e diálogos com os personagens do jogo, o próximo título da franquia terá uma temática puxando mais para o lado dos lobisomens, com base nas famosas lendas urbanas.

Werewolf: The Apocalypse será uma projeto da parceria entre a Focus Home Interactive Partners e a White Wolf. O novo jogo será desenvolvido pela Cyanide Studio, conhecida por títulos como “Blood Bowl” e “Styx: Master of Shadows”.

De acordo com a Focus Home Interactive,  a atmosfera de “The World of Darkness” reflete muito a nossa realidade, em uma comparação com as diferenças da nossa sociedade. “As distância entre os ricos e os pobres é gritante e a corrupção é abundante (alguma similaridade com a nossa realidade?).

Nas sombras de uma sociedade em declínio, humanos são vítimas de horrores sobrenaturais, todos procurando por poder”, completou o estúdio.

Ainda não há muitas informações sobre o conteúdo do jogo mas os jogadores podem esperar pela possibilidade de se transformarem em lobisomem, ou até mesmo em vampiro (se houver uma disputa de classes neste novo jogo). O jogo será uma guerra constante entre uma sociedade corrupta e as forças das trevas lutando pelo domínio da raça humana, em um mundo apocalíptico.

A Focus Home Interactive revelará mais informações sobre o jogo durante o evento em Paris, que acontecerá nos dias 1 e 2 de fevereiro.

“World of Darknes” serviu como base para a criação de franquias de sucesso, tanto da “Werewolf”, como da Vampire: Masquerade.

Muito popular pelos jogos do gênero, a franquia ficou conhecida pelos fãs por Vampire: The Masquerade – Bloodlines, lançado em 2004 para PC. O RPG possuía muitos bugs, porém muito potencial. Em um mundo aberto e apocalíptico, os jogadores podiam escolher em qual clã jogar, dentro da raça de vampiros. Cada personagem com sua particularidade, habilidades e poderes sobrenaturais para influenciar as pessoas.

Era possível melhorar o personagem, conforme fosse aumentando de nível, ficando assim mais poderoso para combater os lobisomens ( raça inimiga). Até hoje o jogo é bastante comentado e possuí uma legião de fãs, que continua jogando e lançando modificações e correções para o jogo abandonado pela antiga Troika.

Os fãs da franquia esperavam por “Bloodlines 2”, já que o primeiro game ficou um tanto que inacabado mas a surpresa foi um novo jogo, com uma abordagem oposta ao anterior. Para quem ainda não jogou “Vampire: The Masquerade Bloodlines”, é um jogo que mesmo após 13 anos, ainda é um RPG completo e muito interessante. O jogo ainda pode ser comprado através do Steam.

A proposta de Werewolf: The Apocalypse pode ser similar, porém agora no lado oposto, ou seja, como lobisomem. O jogo poderá ser adquirido para PC através do Steam e GoG. Ainda não há informações se o título sairá para Playstation 4 e Xbox One.

Até o momento não há informações sobre a data de lançamento do jogo.